Slide background
Slide background
Slide background
Segunda, 09 Maio 2022 11:26

Acisa apoia campanha de combate ao abuso e exploração sexual

A Associação Comercial e Empresarial de Santa Helena (Acisa) é uma das parceiras da Coordenação Municipal da Campanha Faça Bonito, que está sendo trabalhada pela Secretaria de Assistência Social, juntamente com secretarias municipais, Conselho Tutelar, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Rotary International, Lions Clubs International e Loja Maçônica Aliança do Ocidente. A Campanha é alusiva a data de 18 de Maio - Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

A proposta anual da campanha é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos de crianças e adolescentes. A proposta é garantir a toda criança e adolescente o direito ao seu desenvolvimento de forma segura e protegida, livres do abuso e da exploração sexual.

A violência sexual praticada contra crianças e adolescentes envolve vários fatores de risco e vulnerabilidade.

A violência sexual contra meninos e meninas ocorre tanto por meio do abuso sexual intrafamiliar ou interpessoal como na exploração sexual por intermédio do tráfico, pornografia, prostituição e exploração sexual no turismo.

Santa Helena

Em Santa Helena, por exemplo, são diversos atendimentos prestados. Nos últimos cinco anos foram 106 registros de abuso sexual infantil, segundo a secretária de Assistência Social, Shirla Patrícia Weber Sterchile.

Dentro deste contexto está sendo desenvolvida uma programação de palestras nas escolas e orientações para estimular a prevenção e identificação de casos. A Associação Comercial e Empresarial de Santa Helena entra na parceria com o envolvimento e participação dos empresários do município.

Shirla Sterchile ressalta que serão feitas ações nos clubes de mães, famílias do Centro de Convivência Integral da Criança e Adolescente (Ccica) e serviços de convivência, outdoors e adesivação de carros. A solenidade de abertura será dia 18 de maio com a fixação de 106 flores na praça para chamar a atenção para as 106 vítimas atendidas.

A intensificação ocorre em maio, porém, o tema deve ser trabalhado durante todo o ano.

Atendimento

A secretária ressalta que, em caso de necessidade de atendimento as pessoas podem procurar o Conselho Tutelar ou o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas).